A culpa é TODA sua!!! Será mesmo?

Não sei se você tem notado como a cada dia que passa aumentam mais e mais as publicações na internet, revistas e TV as declarações dos “gurus” da liderança e da felicidade dizendo que tudo na vida é realizável, que qualquer pessoa pode atingir qualquer objetivo que tenha na sua vida.

Basta você dizer: “É culpa minha” que tudo está perdoado e já encaminhado para o sucesso e felicidade eternos. Se você assumir toda a “culpa” pelo fato da sua vida não ter andado até hoje como você gostaria, da sua carreira não ter decolado, etc,  você já estará meio caminho andado mais próximo da realização do seu sonho.

A outra metade depende apenas de você fazer TUDO que falta pra chegar lá, sozinho. Pronto, está explicado porque algumas pessoas conseguem o que querem e porque outras nunca vão conseguir.

Eu, particularmente, concordo em partes com essa ideia. Concordo principalmente que você deve sim assumir que tem “culpa” pelos seus resultados, embora eu prefira a palavra responsabilidade do que culpa, mas discordo que qualquer pessoa, seja ela quem for, deva fazer TUDO.

O ponto é que todos temos vidas diferentes e muito provavelmente você, como eu, depende de uma ou mais pessoas, seja um funcionário(a), seja seu(sua) cônjuge, seu filho(a), colega, etc.

É aí que ocorre uma distorção: quando se fala em assumir a culpa e fazer tudo o que realmente se quer dizer é: ASSUMA A RESPONSABILIDADE pelos seus resultados e faça TUDO que dependa de você. A principal diferença nessa ideia é que nem sempre tudo vai depender somente de você. Como eu disse anteriormente: na maioria das vezes dependemos de alguém, então cabe a você encontrar uma forma de se precaver, se for esse o caso, para que aquilo que é responsabilidade de outra pessoa mas que influencia diretamente nos seus resultados não prejudique ou faça cair por terra os seus objetivos. Aí sim, você estará fazendo TUDO que é possível ser feito pra chegar onde você merece.

Não é pra fazer TUDO, mas sim pra garantir que TUDO seja feito. Essa é a grande SACADA!

Pensando nisso, gravei um vídeo que explica melhor o que eu quero dizer e você pode conferir aqui embaixo.

De qualquer forma eu gostaria de saber a sua opinião sobre o assunto, ok?

 

Rodrigo Del Busso – Fundador do IBEPP

email
Comentários
Uma resposta to “A culpa é TODA sua!!! Será mesmo?”
  1. ROSANA disse:

    Esse é de fato o grande aprendizado. Incutir em nossas mentes que dependemos dos outros para nossas realizações e que os mesmos são diferentes de nós. É enxergarmos no outro suas qualidades aceitando suas limitações e fazendo com que colaborem conosco. As vezes desejamos conhecer a tudo e a todos e isso não é de todo ruim. Ocorre que isso é um tanto exaustivo porque somos seres humanos e estamos sujeitos a uma fadiga. Grata pelo artigo. Dica muito boa.

Comente esse post

*